Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
ECHAPORÃ, 03 de Dezembro de 2020
Ok
Câmara Municipal de Echaporã - Título
Quar
02/12
32 °C
18 °C
Índice UV
13.0
Quin
03/12
30 °C
20 °C
Índice UV
13.0
Sext
04/12
29 °C
18 °C
Índice UV
13.0
Sáb
05/12
31 °C
16 °C
Índice UV
13.0
Indicação

INDICAÇÃO - PROPOSITURAS

Número
292
Data do documento
02/10/2018
Legislatura
2017-2020
Ano
2018
Autor Vereador
Dirceu Sverzuti
Ementa
Solicita ao Executivo Municipal, para que seja tomada providência quanto a vala existente no cruzamento da Rua Manuel Ribeiro Filho com a Rua Felix Ramon Mendonça, no Bairro Albino Villa, pois tem prejudicado os veículos que trafegam no local, bem como trazido transtornos aos moradores próximo ao local.
Observações
Solicita ao Executivo Municipal, para que seja tomada providência quanto a vala existente no cruzamento da Rua Manuel Ribeiro Filho com a Rua Felix Ramon Mendonça, no Bairro Albino Villa, pois tem prejudicado os veículos que trafegam no local, bem como trazido transtornos aos moradores próximo ao local.
Situação
APROVADA - Proposição aprovada
Data da Sessão de Apresentação
02/10/2018
Indicação 292/2018
Nenhum arquivo de indicação cadastrado
Ofícios
Nenhum ofício cadastrado
Echaporã

Praça Riodante Fontana, nº 13
Centro

Echaporã / SP - CEP: 19830-000

Fone: (18) 3356-1441


Segunda a Sexta Feira das 08:00 as 12:00 e das 13:00 as 16:00 horas
Sessões: Toda Segunda-feira a partir das 19:00

Website Desenvolvido porKing Page - Fábrica de Software
COMUNICADO

A Câmara Municipal de Echaporã, em atendimento ao seu Regimento Interno, COMUNICA que o Processo do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo – TC - 004107.989-18, com o respectivo parecer prévio das contas do Executivo Municipal, referente ao Exercício de 2018 encontra-se disponível na Secretaria desta Casa de Leis durante o prazo de 60 (sessenta) dias a partir de 23 de setembro de 2020, à disposição de qualquer contribuinte, para exame e apreciação, o qual poderá questionar-lhes a legitimidade nos termos da lei, conforme disposto no § 3º do art. 31 da Constituição Federal.