Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Libras
Mapa do Site

Echaporã, quinta-feira, 06 de outubro de 2022 Telefone (18) 3356-1441

Atendimento Atendimento: Segunda a Sexta Feira das 8:00 as 11:00 e das 13:00 as 17:00 horas

Quar
05/10
Poss. de Pancadas de Chuva
Máx 28 °C
Min 16 °C
Índice UV
12.0
Quin
06/10
Chuva
Máx 31 °C
Min 17 °C
Índice UV
12.0
Sext
07/10
Instável
Máx 22 °C
Min 18 °C
Índice UV
12.0
Sáb
08/10
Predomínio de Sol
Máx 26 °C
Min 11 °C
Índice UV
12.0

Administração - Quarta-feira, 06 de Maio de 2015

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Câmara de Echaporã lê relatório da CEI

Câmara de Echaporã lê relatório da CEI


Câmara de Echaporã lê relatório da CEI

A Câmara Municipal de Echaporã conseguiu derrubar a liminar, em forma mandado de segurança, que suspendeu a leitura do relatório da Comissão Especial de Inquérito (CEI), formada em 2014, para averiguar eventuais irregularidades na compra de materiais de construção, por parte da prefeitura de Echaporã. A liminar, que é uma ordem judicial provisória, que se trata de pedido de suspensão dos trabalhos da CEI, foi recebida pelo Presidente da Câmara, na sessão do dia 18 de novembro de 2014. Desde então, o Relator da Comissão ficou impedido de ler o relatório final da CEI, o qual, uma vez lido, da ensejo para a formação de uma Comissão Processante que pode cassar o Mandato do Prefeito. As alegações do Prefeito Municipal, para anular a investigação, são eventuais irregularidades na formação da Comissão Especial de Inquérito. O objeto principal do mandado de segurança é a anulação da CEI em comento. No entanto, por se tratar de interesse público, o Ministério Público manifestou pelo indeferimento do mandado de segurança e a continuação dos trabalhos da CEI, ou seja, a leitura do relatório final, por entender que não há irregularidades nos trabalhos realizados. "Foi uma vitória da democracia e da transparência. A comunidade pode ter certeza que estamos apenas lutando pelo uso correto do dinheiro público", finaliza o presidente da Câmara de Echaporã, Marcelo Paglione. O processo tramita perante a 2ª Vara Cível de Assis/SP, sob o número 1007458-22.2014.8.26.0047. O relatório foi lido na sessão ordinária de 5 de maio e o próximo passo do Legislativo é aguardar as denúncias para criação de uma Comissão Processante.

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

Voltar para a listagem de notícias

Todos contra o Covid-19

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

Versão do sistema: 2.0.0 - 30/09/2022

Portal atualizado em: 05/10/2022 15:35:25

Câmara Municipal de Echaporã - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.